Segunda temporada de Jessica Jones estreia no Dia Internacional Da Mulher, 08 de março

Finalmente! Depois de mais de 2 anos, a segunda temporada de Jessica Jones chega com 13 episódios na Netflix. Durante os 5 episódios disponibilizados para imprensa, vimos que Jessica enfrenta sérios conflitos com o seu passado. Não faltam também tiradas sarcásticas e cenas engraçadas na série, são diversas as cenas com referências só nos primeiros episódios apresentados.

Jessica Jones inspira-se na premiada saga de histórias em quadrinhos intitulada Alias, escrita por Brian Michael Bendis e ilustrada por Michael Gaydos, e publicada no ano de 2001. A segunda temporada é uma conexão direta dos acontecimentos da primeira, e acontece após a reunião em “Os Defensores“.

65555555555

A essência da série continua a mesma, mas o foco agora são os conflitos do passado de Jessica. Os traumas da personagem são profundos, e podemos dizer que algumas feridas já são abertas até mesmo no primeiro episódio da segunda temporada! Sem Kilgrave (David Tennant) no seu caminho, a maior ameaça de Jessica Jones agora é o seu passado.

 

“Super? É o ser humano mais fraco que já vi” – Pryce Cheng

Quais os limites de seu poder?

Os valores de Jones são colocados em jogo durante todo o momento, a personagem até mesmo entra em um dilema sobre ter matado Kilgrave. Cada episódio que passa, aprofundamos mais no passado de Jones e com isso, cada vez mais ação e cenas de tirar o fôlego. Kilgrave era realmente um vilão que adicionava muito para a série, a única coisa que realmente sentimos falta. Mas a essência da série continua fantástica, com a brilhante atuação de Krysten Ritter como a “bad ass” do pedaço.  São diversos os ápices durante os episódios, embalando os fiéis fãs da série.

6555555555555

Personagens

A segunda temporada também complementa muito sobre os personagens que já conhecemos, além de adicionar novos como o zelador Oscar (J.R. Ramirez), vizinho de Jessica, um dedicado pai lutando pela custódia de seu filho. Outra adição extremamente importante é Janet McTeer (A Mulher de Preto), apresentando uma personagem extremamente misteriosa.

655555555

E não é só o passado de Jones que é explorado, nos aprofundamos também sobre o passado de Trish Walker (Rachael Taylor) e sua jornada para a fama como Patsy. As cenas em que Trish e Jessica estão trabalhando juntas, as duas complementam com cenas emocionantes e empolgantes, e claro, até algumas engraçadas. A ligação e a forte amizade das duas é algo extremamente cativante. Hogarth (Carrie-Anne Moss) também está lutando conflitos internos durante a segunda temporada, algo que permite entendermos um pouco mais sobre a profundidade da personagem.

Trish passa a ter mais destaque e adentrar no perigoso mundo de sua irmã, assim como Malcolm (Eka Darville) que também ganha seu destaque, sendo além de um funcionário da Alias Investigations, um amigo para Jones. Ele é o alívio cômico e consegue fazer isso de uma maneira contínua e sem perder o tom da série.

655555555555555

Durante todo episódio, a empolgação só aumenta. A curiosidade pelo passado de Jones e novas histórias acabam deixando tudo ainda mais intrigante. Não perca a segunda temporada de Jessica Jones na Netflix.

Compartilhe essa postagem