A contagem regressiva para os Academy Awards estão a todo vapor e o tempo é curto para os cinéfilos que querem conferir todos os indicados, afinal, são 59 fimes indicados em 24 categorias.

A grande maioria dos filmes estão disponíveis nos cinemas, porém os indicados nas categorias como Melhor Documentário e os curta-metragens nem sempre são disponibilizados com tanta facilidade.

Aqui reunimos todos os filmes que estão disponíveis na internet com fácil acesso e iremos atualizar a lista caso outros filmes sejam divulgados!

Abacus: Pequeno o Bastante Para Condenar (PBS)

Indicado a Melhor Documentário, Abacus: Pequeno o Bastante Para Condenar é um documentário jornalístico sobre o banco Abacus, uma pequena e familiar instituição financeira localizada em Manhattan, fundada e coordenada pela família Sung. Esses imigrantes chineses criaram o banco para outros imigrantes que vivem na região. Após sofrerem um processo por fraude, suas regras e hábitos culturais são implicados contra eles pelo governo dos Estados Unidos. O documentário mostra a história do banco e dos problemas judiciais que sofreu, porém, também mostra uma xenofobia explícita na forma como os envolvidos foram tratados durante o julgamento.
Disponível no site da PBS.

Heaven is a Traffic Jam on the 405 (Youtube –  IndieWire)

Indicado a Melhor Documentário em Curta Metragem, Heaven is a Traffic Jam on the 405 acompanha a jornada de Mindy Alper, uma artista de 56 anos que é representada por uma das maiores galerias de Los Angeles. Além disso, Mindy lida com diversos problemas emocionais e psicológicos, que orbitam suas obras e influenciam diretamente em quem ela é como artista. Um filme emocionante, reflexivo, puro e forte candidato ao Oscar.
Disponível no Youtube.

Strong Island (Netflix)

Indicado a Melhor Documentário, Strong Island é um filme forte sobre um caso frustrante. A diretora, Yance Ford, viu seu irmão como vítima de assassinato em 1992, e até hoje carrega o sofrimento do caso nunca ter ido a julgamento. Entrevistando sua família e a equipe responsável pela investigação e a equipe de acusação contra seu irmão, ela tenta entender os motivos por trás da audiência que finalizou o caso a favor do assassino.
O documentário segue a linha dos atuais sucessos investigativos da Netflix como “Making a Murderer” e “The Keepers”, porém muito mais pessoal, já que a diretora estava no centro dos acontecimentos. Definitivamente um dos favoritos ao prêmio.
Disponível na Netflix.

Ícaro (Netflix)

Também indicado a Melhor Documentário, Ícaro acompanha a jornada de Bryan Fogel, um ciclista amador que, para provar como atletas profissionais  que praticam o doping e não são pegos, decide fazer o uso dessas substâncias e começa a participar de provas desafiadoras. O filme muda o foco quando Fogel se vê dentro do escândalo de doping dos atletas olímpicos russos.
O documentário aborda tanto o ponto prático quanto o estratégico, e a indústria que foi criada em torno dessa prática, que envolve atletas,  médicos, fiscais e políticos.
Disponível na Netflix.

Heroína(s) (Netflix)

O único original Netflix indicado na categoria de Melhor Documentário em Curta Metragem, Heroína(s) mostra o dia-a-dia da chefe do corpo de bombeiros, de uma juíza e de uma missionária na cidade com o maior índice de overdose nos Estados Unidos. O filme é bem realista e cuidadoso com a forma como mostra os dependentes químicos que estão lutando contra o vício em um ambiente exageradamente favorável a recaídas.
Disponível na Netflix.

Edith + Eddie (MSN – NBC News)

Indicado a Melhor Documentário em Curta Metragem, Edith + Eddie apresenta a história do casal Edith e Eddie. Eles são o casal interracial recém casado mais velho dos Estados Unidos. Edith tem 96 anos, e Eddie, 95. Os dois se conheceram depois de dividir um bilhete premiado de loteria, e são muito apaixonados. Porém, o relacionamento deles está por um fio graças a uma batalha judicial com uma das filhas de Edith, que quer que sua mãe se mude para outro estado. Uma história triste e frustrante ao mesmo tempo.
Disponível no site do MSN.

Compartilhe essa postagem