Rafael interpreta Sam em Dynasty, série distribuída pela Netflix no Brasil. Rafael respondeu algumas perguntas de fãs e comentou sobre o roteiro da série, clima no set e muito mais:

-Como vimos no primeiro episódio da série, nós podemos dizer que temos uma mistura entre séries como “Revenge” e “Gossip Girl”! Você assistiu alguma outra série para se preparar pra “Dynasty”?

Eu assisti o “Dynasty” original então eu estava familiarizado com a história e o apelo da série. Não é a minha primeira vez em um programa no horário nobre, então eu estou bem familiarizado com o estilo e o gênero. Nós também estamos tentando criar algo que se solidifique sozinho então no processo de desenvolvimento dos personagens e na criação da série nós encontramos nosso próprio ritmo e “sabor”.

 -Você pode definir Sammy Joe em três palavras?

Conivente, encantador, safadinho.

 – Qual foi a primeira impressão que você teve lendo o roteiro? E qual é a coisa que você mais ama em estar na série? Você também poderia nos contar sobre o momento que você conseguiu o papel?

.Apenas sabendo que era “Dynasty” e entendendo o legado da série original, eu estava extremamente animado. Eu gostei bastante do roteiro quando li pela primeira vez, especialmente do humor que havia nele, do qual a nossa showrunner Sallie Patrick merece os créditos. A coisa que eu mais amo sobre estar na série é que eu posso trabalhar com um excepcional grupo de atores que me inspiram e me desafiam. Eu estava dirigindo de volta pra casa do último teste para televisão quando meu agente me ligou me contando que eu havia conseguido o papel. Eu precisei parar o carro e ligar para os meus pais, eu posso ou não ter derramado uma lágrima.

– Como é trabalhar com a Liz Gillies? E qual foi o melhor momento que você teve com ela?

Liz e eu nos tornamos muito bons amigos, ela é uma das atrizes mais bonitas, talentosas, espirituosas e espertas com que eu já trabalhei na minha carreira, mas além de tudo ela é literalmente uma das pessoas mais divertidas que eu já conheci. Ela me faz rir tanto o tempo todo. Ela pode transformar qualquer momento em um momento divertido.

– O que você acha do relacionamento entre Sam e Steven? E como foi gravar com o James? Podemos esperar mais cenas como as que vimos no piloto?

Sam e Steven tem uma dinâmica divertida na série. Eles são bem diferentes, quase opostos, com Steven sendo mais tenso e Sam sendo uma bela bagunça sem remorso. Mas eventualmente nós veremos as camadas nesses personagens, e que talvez o que está por baixo da superfície pode nos surpreender. Eu amo gravar com o James – ele é um ator tão talentoso e generoso, e um bom amigo. Nós temos ótimos momentos juntos no set.

 – Nós seguimos você no Instagram e tenho visto várias menções sobre a Venezuela, seu país natal que está com problemas econômicos e políticos, entre outros. E temos uma conexão interessante com essa nação na série porque a Cristal é da Venezuela. Como você vê o entretenimento, mais especificadamente Hollywood, sendo uma voz para pessoas que não estão nos noticiários como deveriam estar? Você acha que é importante ter esses personagens de países diferentes da América Latina representados nessas histórias? – Pergunta do @DynastyBrazil, conta do fansite no twitter.

Absolutamente, na verdade, inicialmente no piloto, não estava especificado de qual país latino Cristal e Sam seriam, e quando a showrunner Sallie Patrick me perguntou qual era a minha opinião, eu disse que a Venezuela precisava de uma voz na mídia nesse momento, e que seria muito relevante fazer esses personagens venezuelanos. Eu acho que é extremamente importante educar a audiência através do entretenimento. Quando você tem plataformas sólidas como  televisão e serviços de streaming como Netflix, é primordial trazer a mesa conversas que precisam ser discutidas sobre.

 – Se você pudesse quebrar todas as regras durante um dia, o que você faria?

.Eu não usaria roupas e comeria todas comidas e sobremesas que eu quisesse.

 – Você está assistindo algum seriado? Qual é o seu favorito?

Eu estou assistindo vários. Acabei recentemente “A Handmaid’s Tale” e foi brilhante. Eu gostei de “Ozark”, e atualmente estou assistindo “Mozart in the Jungle” e “Transparent”.

 – Se você pudesse escolher uma música para descrever seu personagem Sam na série, que música você escolheria e porque?

“Kiss” do Prince. A música diz tudo.

  Você gostaria de visitar o Brasil algum dia?

É um dos meus sonhos visitar o Brasil. E eu acho que vai acontecer em breve.

Respostas rápidas:

– Ator / atriz favorito(a): Vários. Javier Bardem/Cate Blanchett

-Rede social favorita: Instagram (@rafaeldlf)

-Um filme que te fez chorar: Up – Altas Aventuras.

 

Postado por Lucas Muller